Magia Zen

Atração do Amor Universal Místico e Esotérico

Curiosidade sobre 2011

O MagiaZen não podia deixar de postar este email enviado por um leitor amigo.

Veja que curioso;

Este ano vamos experimentar quatro datas incomuns ….

1/1/11, 1/11/11, 11/1/11, 11/11/11 e Tem mais!!!

Pegue os últimos 2 dígitos do ano em que você nasceu mais a idade que você vai ter este ano e a sua soma será igual a 111 para todos!

Por exemplo:

Supondo que você faz 30 anos neste ano e você nasceu em 1981 a soma é;  81 + 30 = 111

ALGUEM EXPLICA O QUE É ISSO ????

Dizem que é o Ano do Dinheiro!!!

E neste ano o mês de Outubro terá 5 sábados, 5 domingos e 5 segundas- feiras.

Isto acontece uma vez a cada 823 anos.

Magia do Caldeirão Para os Elementos

Uma magia de caldeirão para cada elemento, visando vidência do momento que está passando em sua vida, e sabendo interpretar pode auxiliar num futuro próximo.

Elemento TERRA no Caldeirão

Despeje no caldeirão um punhado de sal grosso no fundo, em seguida três tipos de ervas a sua escolha (sabendo o significado de cada uma), folhas de hera secas.

Acenda tudo com a chama de uma vela. Quando a fumaça começar a subir, tampe e espere um minuto e abra.

Perceba o desenho que irá subir com a fumaça, traçará uma história que você focando sua visão decifrará.

Elemento AR no Caldeirão

Usando pinças, coloque um pedaço de gelo seco e uma pedaço de gelo comum no fundo do seu caldeirão.

Tampe e aguarde por um minuto. Abra e deixe a fumaça do gelo subir.

Observe enquanto o gelo durar.

As névoas são excelentes para criar imagens de vidência.

Elemento FOGO no Caldeirão

Cubra o fundo do caldeirão com terra ou areia para dissipar o calor.

Faça pequenas bolsas (como se embalace um bombom, formando ar dentro) de papel do tamahno de sua mão fechada, e intercale sobre varetas de galhos secos que encontrou no chão de matas.

Acenda com fogo de dois palitos de fósforos e observe as chamas, as salamandras conversaram com você e os estalos das bolinhas de papel te alertará de problemas.

Elemento ÁGUA no Caldeirão

Pelo menos sete dias antes deste ritual, coloque quantidades iguais de três ervas apropriadas em um frasco de vidro com meio litro d’água.

Preencha o resto do frasco com álcool, e agitar suavemente enquanto se concentra no desejo de visão para o ritual.

Deixe o frasco em um local escuro, e agitar duas vezes por dia, carregando-o com o propósito do desejo de visão.

Antes do ritual, coloque uma tigela de cerâmica ou vidro à prova de fogo dentro do caldeirão.

Despeje a mistura de ervas nesta tigela, tendo cuidado para não derramar no caldeirão.

Acenda dois palitos de fósforo e jogue dentro da vasilha, criará uma Luz de uma chama azul bonita.

Concentre-se em seu desejo de visão, e verá.

História de Caldeirão

Os caldeirões têm sido muito utilizados na wicca e bruxaria para as mais diversas finalidades e desde a antiguidade até hoje continua sendo o principal instrumento em magia.

E o que torna um caldeirão uma ferramenta vital na wicca e bruxaria?


Bem, existem muitos papéis do caldeirão, como queimadores de incenso, como um poço de resistência ao fogo, como simbolo de elementos, útil para rituais e magias.

Na wicca um caldeirão simboliza o útero da Deusa e também pode representar o renascimento e purificação através do fogo e de seu vaso sagrado.

Na wicca celta o caldeirão representa a deusa Cerridwen.

Quase todos os caldeirões são feitos de ferro fundido, pois este material é altamente resistente ao fogo e não danifica as chamas, como outros materiais. O ferro fundido é também resistente e forte e, se devidamente mantidas limpas e secas após o uso não enferrujam tão facilmente como outros metais.

Caldeirões são excelentes para cozinhar em fogueiras ou lareiras e para cozinhar qualquer coisa desde sopas até a carne e o feijão.

Já quando utilizado em magia e rituais, não se cozinha alimentos e se reserva para queimar incensos, ervas e poções.

São excelentes ferramentas da Bruxa, pois você pode usar o fogo com segurança.

Caldeirões também são usados para vidência, uma vez preenchido com água.

Abaixo está um exemplo de ritual de vidência para realizar com seu caldeirão.

Exemplo de ritual para caldeirão e magia:

Encha seu caldeirão pela metade com água fresca potável ou de chuva.

Acrescente um punhado de pétalas brancas da flor que desejar.

Ao lado, acenda um incenso de sálvia (também usado para a proteção).

Mexer a água do caldeirão por três vezes, enquanto canta:

“Nas malhas do tempo eu coloco meus pensamentos,

Para um vislumbre do que será este momento!

Deusa d’água, pôr em minha mente,

O dom de profecia lindo, que mereço humildemente!”

Olhe bem dentro do caldeirão e espere por visões até a água parar.

Obs; não espere por assunto de sua opção neste método, mente limpa! Irá surgir o assunto que estiver necessitando saber no momento…

O caldeirão, como o espírito quinto elementar, simboliza a inspiração, o renascimento, iluminação e rejuvenesce.

Use seu caldeirão com fogo para lançar um Círculo.

Use as brumas de um caldeirão de ar para uma iniciação.

Use água e ferva o ódio, o preconceito e imagens negativas, com um caldeirão de água.

Use a terra no caldeirão em ritos de saúde e paz interior.

Bruxaria Natural

O que é a Bruxaria e o que é ser um Bruxo ou uma Bruxa?

Este é um resumo maravilhoso da wikipédia que você pode usar para quando descriminarem sua opção por ser um Bruxo assumido ou uma Bruxa assumida e conscientes (porque no fundo, todos nascemos bruxos).

Dois princípios básicos na bruxaria

A Bruxaria, sendo caracterizada pela liberdade de pensamento, acaba por apresentar um amplo leque de linhas de pensamento e de vertentes de características bastante distintas, entretanto, alguns elementos em comum podem ser apresentados a fim de que se tenha melhor compreensão do significado da bruxaria. Elencamos dois princípios comuns, em especial, que ao mesmo tempo que ajudam a compreensão, afastam conceitos equivocados calcados em histórias infantis e preconceitos medievais à prática da bruxaria.

O Respeito ao Livre-Arbítrio – Nenhum verdadeiro bruxo buscará doutrinar aqueles que têm outro credo. Para os bruxos, a fé só é verdadeira se resulta de escolha individual e espontânea. Nenhum verdadeiro bruxo realizará qualquer tipo de magia no intuito de se beneficiar de algo que prejudicará outra pessoa. Para os bruxos, cada um tem seu próprio desafio a enfrentar. Usar de qualquer subterfúgio para escapar dos desafios que se apresentam é apenas adiar uma luta que terá de ter lugar nesta ou em outras vidas. Adiar problemas é o mesmo que acumulá-los para as próximas encarnações

A Comunhão com a Natureza – O verdadeiro bruxo respeita a natureza, e por natureza ele entende absolutamente tudo o que não é feito pelo homem, inclusive os minerais. Quando preserva a natureza, suas preocupações não são a viabilidade da manutenção da vida humana na Terra, o verdadeiro bruxo respeita a natureza simplesmente porque se sente parte dela, porque a ama. Os bruxos não acham que a natureza está à sua disposição. Os homens, os minerais, os vegetais e toda a espécie de animal são apenas colegas de caminhada, nenhum mais ou menos importante que o outro. Ainda assim, matam insetos que lhes incomodam e arrancam mato que cresce nos canteiros de flores sem dramas de consciência. Não são falsos em suas crenças nem românticos idealistas. Acreditam que conflitos fazem parte da natureza

Fonte: wikipédia

O significado da Simpatia

Simpatia é uma forma de magia ou feitiçaria básica, extremamente ligada ao povo, normalmente de origem campesina e geração empírica.

As simpatias são formadas da mesma substância da superstição e está intimamente ligada a esta.

A falta de explicação científica para determinadas capacidades de estratos ou infusões de épocas passadas dava a importância focada da simpatia.

Como não havia o conhecimento das propriedades químicas ativas nos mesmos era simplesmente aceito o fato de que aquela planta era “boa” para isso ou aquilo.

O termo deriva de “simpático”, no sentido de “semelhante”, e baseia-se na idéia primitiva de causa/conseqüência não necessariamente interligadas de forma racional.

Ou seja, se um fato A antecedeu um fato B então A torna-se a causa de B, mesmo que não haja qualquer conexão entre A e B. Por exemplo, se uma pessoa entrava em um bosque com o sol a pino e sofria um acidente e isso ocorresse mais de uma vez, surgia a superstição de que era perigoso entrar naquele bosque com o sol a pino.

Mas se algumas pessoas entravam no bosque com o sol a pino e por acaso estavam utilizando uma peça de roupa vermelha, surgia a simpatia de colocar um pano ou outra peça vermelha nas pessoas que teriam de entrar no bosque naquela hora, isso com o propósito de proteção.

A simpatia é usada por “bruxas” “ciganos”e principalmente por “jovens”. Os jovens costumam fazer simpatias para aranjar namorado(a),afastar males etc…

Ex 1; Para trazer amor de volta… pegue uma vela escreve o nome dele duas vezes nela, depois dizer “vamos ficar juntos,pelo poder da terra, do céu e do mar vamos ficar juntos.

Ex 2; Simpatia para ser correspondida (o) no amor. Numa sexta-feira de Lua Crescente, após as 21:00 horas, despetale uma rosa vermelha e escreva em cada pétala, com um espinho de rosa, o nome da pessoa amada. Após isso, atire as pétalas em água corrente e espere o resultado.

É mais uma das crenças que existe entre os humanos desde sempre e com os mesmos créditos até hoje, apesar de tanta evolução, eis a questão!

Magia da Maçã para o Amor

Esta é uma magia simples e muito funcional.

A maçã é a fruta ideal para rituais de amor, carinho e afeição.

Pegue uma maçã e com uma faca ou sua adaga, faça delicadamente e sem pressa, um contorno em formato de coração e vá aprofundando aos poucos.

Mas tome cuidado para não danificar demais a casca onde recorta o coração, para utilizar como uma tampa depois, reserve-a.

Pegue um papel bem pequeno e escreva com lápis o nome da pessoa que você quer que te ame e coloque dentro da maçã, onde você fez o buraco com formato de coração.

Adicione um pouco de mel e tampe com o retalho da casca que você reservou.

Coloque esta maçã num jardim próximo a você, no seu quintal, num vaso, ou onde houver plantas, mas que você veja sempre, e onde ninguém vá retirar a maçã.

No momento que for colocá-la no jardim, ofereça aos elementais do amor, concentre-se e imagine você com a pessoa que deseja ter.

Deixe a maçã até apodrecer ali, depois enterre-a no mesmo local.

Pronto, seu feitiço de amor está lançado.

Ritual de Proteção Pessoal

Este mágico Ritual é para receber a proteção da Lua:

Coloque uma jóia, que você use regularmente, em um cálice ou copo de água de nascente ou mineral, um dia antes do início da fase da lua cheia.

No dia seguinte, na primeira noite da fase da lua cheia, agitar a água três vezes com o dedo em um movimento no sentido horário.

Pegue o cálice em suas mãos erga-o sobre seu peito e direcionando-o a lua e, mexa o copo circularmente no sentido horário, fazendo este movimento circular por três vezes.

Em seguida, repita essas palavras em voz alta:

“Luz da poderosa Lua,

Proteger-me,

Pois te venero e te respeito!”

Levante o cálice para o céu e volte a sua boca bebendo a água devagar e com cuidado para não beber sua jóia.

Remova a jóia do cálice.

Você deve usar sua jóia normalmente, e também sempre que perceber que precisa de proteção.

Sua jóia agora é um forte amuleto de proteção.

Repita este ritual todos os meses para beneficiar de sua influência e garantir a sua proteção.

COMO PRATICAR MAGIA

Quando se pensa em bruxaria e feitiços, a tendência é imaginar uma mulher abatida, com verruga no nariz, má e recitando um encantamento para enfeitiçar seu vizinho.

Isso é lamentável, triste e totalmente impreciso.

Para praticar a verdadeira Bruxaria e suas Magias significa aceitar a responsabilidade pessoal por suas ações e suas conseqüências.

Portanto, antes de acionar o seu caldeirão, aprenda a maneira correta de praticar feitiços de bruxaria.

Instruções Magicas de Bruxaria!

Coisas que você vai precisar:

* Ferramentas, ervas, pedras, velas, incensos e materiais conforme o caso.

Passo 1. Deliberar sobre a mágica que você deseja executar. Isso vai depender de seu objetivo, desejo ou intenção, seja para aumentar a abundância financeira, encontrar um novo emprego ou promover a boa saúde.

Passo 2. Respeitar a ética prática responsável da magia. Aceitar que nem sempre podemos mudar o que está destinado a ser, nem deveríamos tentar. Examine os seus motivos com atenção antes de recorrer a usar um feitiço para trazer mudanças através da bruxaria.

Passo 3. Siga a Pirâmide da Bruxa ao executar qualquer magia. Este é um conjunto de quatro colunas que são essenciais para o sucesso. Eles são: Saber (entender o mecanismo da magia e seus efeitos), Querer (a capacidade de se concentrar na sua intenção), Ousar (para acreditar que você é merecedor de receber esta bênção) e Calar (para não alterar o fluxo positivo de energia em movimento, não fale ou comente sobre o seu feitiço).

Passo 4. Preparar a área para trabalhar a magia andando em círculo enquanto faz a limpeza do espaço, e abrindo o círculo de proteção que você encontra em no post “O círculo Mágico” aqui no MagiaZen.

Passo 5. Consagre previamente todas as ferramentas que você pretende usar nos feitiços, como uma varinha, pêndulo ou um athame… Para fazer isso, consulte o post de consagração aqui no MagiaZen.

Dicas & Avisos

IMPORTANTE:

* Não realizar qualquer magia que afeta uma pessoa a menos que tenha permissão explícita da pessoa a fazê-lo.

* Magia da Bruxa, que afirma: “Faça o que quiseres, mas nunca prejudique ninguém…”

*Respeite a Lei Triplice!

Quero Aprender Magia

Então, você quer aprender a fazer magia e feitiços, mas não sabe como fazê-lo?

Há um par de opções que você pode escolher.

A primeira é comprar um livro mágico. Existem muitos livros sobre início em magias.

Não, as magias não vão fazer você voar, ficar invisível ou ser poderoso(a)!

Mas, a magia que é encontrada em livros integros pode ajudá-lo(a) a melhorar a si mesmo(a).

Existem diferentes tipos de magias.

Por exemplo, há feitiços para dinheiro, magias de proteção, magias de amor, feitiços de boa saúde, etc

A lista é interminável.

O que você está realmente fazendo quando você está lançando um feitiço, está enviando vibrações para o universo.

Em essência, você está dizendo, “Por favor, me ajudar a alcançar este objetivo.”

Então, onde você pode encontrar esses livros?

Você pode comprar livros de magia nas melhores livrarias de shoppings, fazer download gratuito em sites, encontrar uma livraria perto de você…

E depois há sempre as lojas de bruxa que você sabe, aquelas que têm incenso cheirando quando você passa na porta.

Os livros são amplamente disponíveis e não tão caro.

E há tantos livros de magia diferentes, pois há milhões de fórmulas mágicas. Portanto, antes de comprar um, tente se informar, na internet mesmo, qual ramificação da magia você se simpatiza mais.

Outra opção para aprender magias é encontrar pessoas que também são wiccas ou simpatizantes.

Você pode pensar que você é o único na sua região interessado em Wicca, mas as probabilidades são de que há pelo menos uma outra pessoa em sua área que é interessado ou praticante.

Aprender com alguém é muito mais fácil do que aprender de um livro.

Existem cursos muito bons, mas mesmo assim sempre é bom pesquisar bastante antes de dar seu crédito a algum local.

Ainda é assim comigo?

A outra coisa que você precisa fazer é se familiarizar como disse em outro post, com diferentes ervas, cristais e pedras. Eles desempenham um grande papel na maioria das magias.

Por exemplo, Lapis Lazuli ajuda a sua segunda vista. Olho de Tigre é uma pedra protetora…

Não se preocupe se você não entende sobre nada disso.

Você não tem que memorizar todos os detalhes sobre todas as ervas e cristais que você estará usando simplesmente porque você pode sempre comprar livros que listam suas características.

Mas é bom estar familiarizado com pelo menos alguns deles.

Quanto mais familiarizado você estiver, mais fácil será realizar o feitiço.

E, você pode criar suas próprias fórmulas mágicas ou personalizar os que você encontra nos livros para atender às suas necessidades, mais especificamente.

E ai então você tem que praticar. Prática, prática, prática. Sempre!!!

Você nunca vai ser bom em feitiços sem muita prática.

Mas lembre-se, não importa se você compra um livro, ou muitos livros sobre feitiços, ou encontra alguém perto de você que é um praticante da Wicca, preste atenção nas leis.

A primeira regra é esta: não fazer mal.

O que quer que você mande para o universo volta para você por três vezes.

Mande boas vibrações, e você vai receber boas vibrações. Mande ruins, e vai piorar ainda mais o que quer modificar em sua vida.

A segunda regra: Amor em tudo que faz.

“Abençoado o momento que você iniciar suas magias!”

O Mágico Círculo de Proteção

Há muitos tipos diferentes de abrir um círculo de proteção.

Esta é uma das mais básicas, porém funcional:

Sempre que você for fazer mágica, você deve lançar um círculo mágico.

Irá manter toda a energia que você usar no interior do círculo, e também fornece um limite para planos diferentes, um lugar “entre os mundos”, onde a magia é possível .

O círculo mágico também o protege de quaisquer entidades nocivas ou seres de energia negativa.

Dentro de seu círculo é santo, seu solo sagrado, onde você está seguro e onde apenas os espíritos, entidades ou deuses / deusas que você convidar podem entrar.

O círculo serve para manter e concentrar as energias que você invoca

enquanto faz seu ritual.

E até que esteja pronto para libertá-los.

Você nunca deve lançar um círculo quando …

1. você estiver doente ou esgotado(a)

2. quando você está despreparado(a)

3. quando você está irritado(a) ou com raiva de alguém

Limpe o espaço que você vai usar para lançar seu círculo usando uma vassoura para “varrer” toda negatividade (e sujeira!), mas sem que ela encoste no chão, a limpeza é astral, energética.

Circule no sentido anti-horário!

Se quiser, cante…afinal dizem que os males espanta:

“Varrer, varrer e varre com essa vassoura, e

Neste local, as energias ruins irão partir…

E toda negatividade vai sumir…”

Consagre esta área em torno por três vezes circulando, no sentido horário agora…

1. primeiro com um cálice de vinho ou água:

“Eu ando em volta do círculo uma vez para limpar e consagrar esta terra.”

2. segundo, com uma tigela de sal:

“Eu ando no círculo mais uma vez. Entre os mundos, o tempo pode dobrar. “

3. Terceira vez com o seu incenso:

“Eu ando no círculo por três vezes. Para a proteção da Deusa e Deus é meu. “

OU

Você pode adicionar uma pitada de sal numa tigela de água, mexendo (sentido horário) com o dedo. Depois de varrer a área com sua vassoura (anti-horário), use sua mão para borrifar a área com esta água(sentido horário).

Obs: tudo que quiser atrair, sentido horário; e tudo que quiser expelir, anti-horário.

Quando tiver concluído a limpeza do espaço, e fez o círculo, dizer:

“O círculo está lançado e estou entre os mundos, além dos limites do tempo, onde noite e dia, nascimento e morte, alegria e tristeza, unem-se como um”.

Quando seus rituais e trabalhos de magia estiverem completos, o círculo deve ser desmontada (fechado) corretamente.

Negligenciar este passo é correr o risco de deixar de energias espalhadas.

Mantenha sua adaga / athame em sua mão de poder. Use-a para destraçar o círculo, dizendo:

“Fecho agora este espaço sagrado.

Envio todas as energias de volta ao lugar.

Terão retorno seguro,

Que não magia se realize em paz”

OU

No centro do círculo, levantando sua varinha ou athame acima de sua cabeça.

Sente-se em um movimento rápido, faça um círculo no ar, dizendo:

“O círculo está fechado, mas nunca quebrados.”