Magia Zen

Atração do Amor Universal Místico e Esotérico

Bruxa? que ser doido é esse?

Não nos preocupamos se iremos para o Céu, porque voamos nele todos os dias…

Muitos leitores deixam comentários dizendo serem acuados pelo título de ser Bruxa ou Bruxo, e que as pessoas associam maldade ou simples falta de cristandade em ser o que são… Sei bem o que é isso, mas somente uma convivência conosco para verem como somos pessoas do Bem, e como somos do Bem!!!

Ser uma Bruxa não é ser má, fazer o mal e nem ser feia como vimos em desenhos animados ou como a igreja católica atribui ao modo de sermos livres.

Assim como em qualquer “tribo” existem os segmentos bons e os ruins. Assim como existem os puritanos, existem os livres, e ser livre não significa não ter Leis ou responsabilidades para com a vida.

No fundo, hoje podemos perceber o quanto o fanatismo por uma religião é maléfica ao ser humano, quantas mortes na história por disputas religiosas… O que deveria existir era a liberdade de respeitar a vida.

Religião não ajuda pessoas…

Pessoas ajudam pessoas!!!

Onde o grito do Cristianismo proclama uma perseguição santa e um estilo de vida espartano que leva à realização espiritual e iluminação, a bruxa sabe que ela foi colocada na Terra para experimentar tudo que existe na natureza com o melhor de sua capacidade, para desfrutar o que a rodeia, para obter aquilo que ela merece, a chafurdar no milagre do mundo físico.

 A bruxa se entrega a si mesma sem nenhum traço de culpa cristã, pois ela sabe que ela é “da terra”, e por isso ela usa livremente a energia natural desse elemento.

O que a maioria das pessoas implicam ao conviver hoje com uma Bruxa real, é perceber o quanto ela faz e preza o bem, e o quanto foi boato tudo que pregaram na inquisição onde os cristãos da época queimaram pessoas inocentes, por somente serem livres…

Existe uma devoção espiritual da Bruxa a um Deus e uma Deusa, a mãe natureza. E existe um respeito a toda forma pacífica de crença, onde a tolerância ao próximo seja primordial.

A energia que rodeia toda Bruxa é invejável, e essa projeção de força vital vem do seu alinhamento com o nosso planeta, com a natureza.

Experimente usar seu Poder Pessoal para comandar sua vida, use sua energia em prol do seu “EU”, e em seguida perceba o quanto você pode existir nos mínimos detalhes.

Somente você sendo bom pra você mesmo(a) é que poderá ser bom para os outros.

Lembre-se que independente do que é verdade ou mentira, você sabe do seu poder interior de movimento, você sabe quais movimentos fazer para uma mudança, e isso se chama Magia!

A Magia da Bruxa acontece porque ela já experienciou seu poder, já testou seus movimentos, suas atitudes e percebeu sua força.

E isso é ser Bruxa!!!

Fazer acontecer, sem prejudicar ninguém!!!

 

 

 

Bruxa Eterna Bruxa

O Bem e o Mal não foram criados pelas Bruxas, já existia!!!

Quem disse que Bruxa tem que ser má???

Este é o título de um livro que li faz um tempo, e não deixa de ser um tema polêmico, pois alguém difamou um dia um ser que tem defeitos mas tem qualidades e que em toda “categoria” existem os que fazem o bem e os que fazem o mal, até mesmo no catolicismo, de onde surgiram os maiores inimigos das Bruxas…

Opa, inimigos? Porque criamos inimigos???

Geralmente a inimizade é feita por falta de tanta coisa, incompreensão, ignorância, intolerância, mas o pior é a falta de conhecimento entre os seres vivos.

É fácil “rotular” pessoas como más só porque pensam diferente de nós e agem como preferem…

Se sou do seu time, sou legal, mas se torço pro adversário??? cadê o que me fazia legal???

Bom, encontrei esta reportagem da RedeTV e achei legal deixar aqui para os leitores do MagiaZen, lembrando que até hoje existe a ignorância por parte de algumas pessoas sobre “ser uma Bruxa”.

 

Espero que gostem; bom vídeo!!!

http://www.redetv.com.br/Video.aspx?116,27,249009,jornalismo,leitura-dinamica-1a-ed,exposicao-em-paris-mostra-a-realidade-por-tras-das-bruxas

Nunca é demais as dicas em magia

Um abc rápido sobre realizar feitiços

Basta Acreditar!!!

Determine a sua intenção.

Decida o que é ou qual é resultado desejado.

O que você quer realizar com o desejo do feitiço?

Declarar sua intenção de uma forma positiva evitando palavras como: não pode, não, não, nunca, etc…

Preparação Espiritual!

Uma semana antes do feitiço/ritual, adotar uma atitude positiva.

Deixe de lado toda e qualquer negatividade.

É vital para o resultado uma energia positiva durante este período ou na preparação do ritual.

Seja claro, conciso, honesto e realista com a sua intenção.

Visualize o resultado do feitiço.

Descrever com palavras positivas o desejo e como será depois de realizado.

Conectar com a Deidade de sua crença, através da meditação e solicitar o sua presença e auxílio.

Escolher o momento certo para lançar o seu feitiço.

Encontrar a harmonia da natureza mãe.

Deve ser feito em um determinado ciclo lunar…(?)

Dia da semana…(?)

Alinhamento planetário…(?)

Uma estação específica ou condição de tempo…(?)

Utilize as correspondências corretas.

Trabalhar com a energia harmônica de cada ingrediente usado.

Pesquisar as cores das velas, pedras preciosas particular ou cristais, ervas, elementos e divindades (isto pode incluir a Deusa e o Deus ou qualquer outro panteão ), e ver qual seria o aconselhável para o tipo do seu desejo.

O uso de um objeto pessoal já consagrado irá aumentar o poder do feitiço.

Ao elaborar o texto do seu ritual, use uma rima simples e não se esqueça de usar palavras que você compreende.

EVITE palavras como: não, não pode, não, nunca durante a magia ou quando se referir ao desejo.

Não se esqueça de usar; “Para o bem e vontade de todos…”

Esta frase vai trazer a manifestação do seu desejo, impedindo energias externas.

Medite.

Para tocar a sua energia você precisará estar em um estado alfa ou estado alterado de consciência.

Certifique-se que não haverá distrações.

Feche os olhos.

Tome 3 respirações profundas e relaxe.

Encontrar sua voz mágica ( a voz que vibra dentro de seu corpo ) e diga, “focus”…

Localize a energia da Divindade.

Estenda a mão para sentir e diga, “union”…

O Círculo de Proteção sempre é necessário.

E os Guardiões precisam ser solicitados aos quatro pontos cardeais.

Pode ter música e ser tanto em área externa como interna.

Sempre tudo preparado para sua sensação estável.

Ao lançar uma magia dentro de um círculo mágico você está usando não só a sua energia pessoal, mas também qualquer energia que você tenha chamado para ajudá-lo com seu feitiço.

Use o seu nome mágico e o nome completo da pessoa que o feitiço se destina.

O dispositivo de vedação de sua magia é importante, ou seja, uma onda de uma varinha, um movimento da mão, a subordinação de uma corda ou usando outro objeto.

Isto irá manter a energia do seu desejo e rejeitará um fracasso.

ACREDITE!

Se você não acreditar ou duvidar, esquece que não vai obter resultado.

Aceitar o sucesso do seu feitiço.

Seja confiante em seu conhecimento e habilidade.

Mantenha-se confiante na realização do seu desejo e entenda que o resultado pode demorar para acontecer, respeite o tempo do Universo.

Boa Magia!

Uma Síntese da Magia e Wicca

Tradição Pagã

Síntese da Bruxa


Wicca é uma religião baseada na natureza, um desdobramento moderno das tradições pagãs pré-cristãs da Europa.

Existe um Deus e a Deusa, embora não haja Bíblia e nenhuma autoridade central que rege, a religião não reivindica nenhum dogma.

Porém, só se considera um wiccano se obedecer a Lei;

“Sem prejudicar ninguém, faça o que quiser.”

WICCA às vezes chamado de feitiçaria, ou A Velha Religião, representa uma antiga religião de amor à vida e à natureza.

A Wicca é simplesmente uma das religiões mais irresistíveis do mundo, porque ela estimula o intelecto, promove uma maneira simples e prática de vida e, o mais importante, é emocionalmente gratificante.

Wicca celebra os sabás, que marcam as estações do ano.

A bruxa ou bruxo, no coven ou sozinho, usa magia e ervas para direcionar o tempo e a matéria, a fim de alcançar a satisfação psíquica e espiritual.

Bruxas não adoram o diabo!

Bruxaria existiu bem antes ao Cristianismo e não incorpora a crença no Diabo cristão.

Nos últimos 15 anos as crenças em feitiçaria têm evoluído na teoria e na prática.

Os estudos aprofundaram em astrologia, tarô e runas, ervas e pedras, e numerologia.

Reverenciar a natureza e o mundo em que vivemos é a maior prioridade na vida.

Os sábios em magia utilizam o mês lunar, os aspectos dos Esbats e Sabás com muito respeito.

A magia é unida a sabedoria, a visão do mundo moderno e resgates do antigo, a filosofia de vida e no caminho do amor incondicional.

Nossa inteligência nos dá uma responsabilidade única em relação a nosso meio ambiente, pois buscamos viver em harmonia com a Natureza, em cumprimento do equilíbrio ecológico dentro de um conceito evolucionário.

Reconhecendo que há mais de um caminho para a iluminação espiritual e que a Wicca é apenas um de muitos, não abordamos ninguém tentando converter para ser um bruxo e respeitamos todas as formas de religiões.

Em tempos pré-históricos, pessoas respeitavam as grandes forças da Natureza e comemoravam os ciclos das estações e da lua.

As divindades eram o sol, a lua e a própria Terra, as energias criativas do universo eram personificadas: os princípios feminino e masculino eram deusas e deuses.

Não existiam figuras semi-abstratas ou sobre-humanas.

Existiam mulheres e homens, a terra e o céu, plantas e animais, pedras e rochas, rios e mares…

Acreditava-se em espíritos da natureza, inteligências biológicas e muitas vezes poderosos e aliados aos humanos.

Aliados porque como eram respeitados atendiam chamados em rituais e trabalhos de magia.

Até hoje, os elementos da natureza, são vistos como Terra, Ar, Fogo, Água e Espírito, sendo formas científicas da matéria; sólido, líquido, gás e plasma unidos pelo espírito e simbolizados em magia pelo pentagrama.

Todos são necessários e devem estar em equilíbrio, pois são os alicerces da criação e da base da própria vida.

A Terra é a essência da fertilidade e da solidariedade, que alimenta, que liga e dá forma.

O Ar é a essência da inteligência.

O Fogo é a essência da força e da defesa, que anima e ativa.

A Água é a essência das emoções e da fecundidade fazendo coisas maleáveis e flexíveis.

As representações físicas destes elementos são simplesmente as suas formas brutas no mundo material.

De forma celestial, enviados por seres divinos veio uma hierarquia de espíritos chamados Elementais.

A tarefa foi a de governar os elementais dos quatro elementos.

Então os Gnomos vieram para governar a Terra, os Sílfos para controlar o Ar. As Salamandras para comandar o Fogo e as Ondinas para prevalecer sobre a Água.

Os elementos e elementais são atribuídos aos quatro pontos cardeais de um círculo sob os olhos vigilantes dos Guardiões, que estão próximos da fila na hierarquia do mundo espiritual.

Assim, a Terra e gnomos são atribuídos ao Norte, o Ar com os Sílfos para o Sul, o Fogo com as Salamandras ao Leste e a Água com as Ondinas para o Oeste.

Terra:

A Deusa da Lua, o planeta Marte, os signos do zodíaco de Touro, Virgem e Capricórnio, a estação do outono.

É o elemento da estabilidade, ordem e aterramento, da fertilidade e gravidez, nascimento e crescimento, do material e negócios, prosperidade e criatividade.

Como o elemento de onde viemos e para onde voltaremos, é o elemento da morte e renascimento, do começo e fins, e do silêncio.

Ar:

O Deus do Sol, o planeta Vênus, os signos do zodíaco de Gêmeos, Libra e Aquário,a estação da primavera.

É o elemento do intelecto, do estudo, de rever e aprender,e portanto, das ciências.

É o elemento da juventude, da criatividade, da espontaneidade, da comunicação e das viagens.

Fogo:

O Deus do Sol, o planeta Mercúrio, os signos do zodíaco de Áries, Leão e Sagitário, a estação do verão.

É o elemento da resistência, da força física, da força de vontade e da energia.

É o elemento da paixão, da coragem, da proteção, da purificação, da transformação, do caos e da destruição, da vida e saúde, do sexo.

Água:

A Deusa da Lua, o planeta Júpiter, os signos do zodíaco de Câncer, Escorpião e Peixes, a estação do inverno.

É o elemento da sabedoria, da clareza, do senso comum, da experiência vivida, da intuição, emoção, adivinhação e do relacionamento.

É o elemento da cura, dos aspectos de transformação e purificação, mas também representa a morte e o renascimento.

Espírito:

Espírito é o elemento de transcendência,da transformação, da mudança.

Está em todo lugar e em nenhum lugar.

Em todo tempo e em tempo nenhum.

É a força primordial que flui através de todos nós e todas as coisas.

O respeitoso lado feiticeiro de uma Bruxa é esquecido enquanto uma onda de maldades e tragédias são epidemia no mundo!

Bruxa e Feiticeira

(Autor Desconhecido)

Eis a Feiticeira … tão forte como qualquer homem.

Conheça a Feiticeira … como ela caminha sobre a terra.

Respeite a Feiticeira … seus poderes transformam.

Admire a Feiticeira … seu sorriso é compreensivo.

Honre a Feiticeira … ela é pura como o amor de mãe.

Aplauda a Feiticeira … como o destino que ela move.

Observe a Feiticeira … como o futuro que ela projeta.

Inveje a Feiticeira … por sua paciência ao longo do tempo.

Imite a Feiticeira … na sua inspiração profunda.

Recomende a Feiticeira … pois sua família ela mantém.

Aprove a Feiticeira … como o padrão que ela defende.

Ame a Feiticeira … como a sua fé e louvor.

Aprecie a Feiticeira … por respeitar a natureza.

Elogie a Feiticeira … como criança que ela suscita.

Venere a Feiticeira … pois ela mantém costumes antigos.

Torne-se uma bruxa … e estes valores serão o seu interior …

TREZE METAS DE UMA BRUXA

Conhecer a si mesma

Conhecer o seu ofício

Saber sempre mais

Aplicar o conhecimento com sabedoria

Atingir o equilíbrio

Manter suas palavras em ordem

Manter seus pensamentos em ordem

Celebrar a vida

Sintonizar com os ciclos da Terra

Respirar e se alimentar corretamente

Exercitar o corpo

Meditar

Honrar a Deusa e o Deus

Como equilibrar sua energia para fazer Magia

Magia necessita muita concentração

Preparando-se para o ritual

Magia é muito mais do que velas, ervas, símbolos e instrumentos.

Para a magia ser eficaz requer foco, concentração e uma visão clara do objetivo que procura.

O aspecto mais importante é ser capaz de criar uma imagem em sua mente referente ao seu desejo, é o que dá o poder tanto do propósito como na direção.

É essencial estar no bom estado de espírito e saudável.

Vamos fazer passo a passo;

Em primeiro lugar, prepare a área da Magia.

O local tem que estar limpo, e também livre de energias negativas, varrendo com a vassoura da Bruxa ou uma comum (que se varre sem encostar a vassoura no chão).

Enquanto varre as energias visualize as energias negativas saindo.

Certifique-se de reunir todas as ferramentas e materiais necessários, deixando ao alcance no espaço sagrado.

Se vai ser no ambiente onde esta seu altar o trabalho da decoração e até de reunir os instrumentos diminui.

Ai então certifique-se se todos os objetos mágicos a serem utilizados estão consagrados e se outros materiais como velas, incenso, pedras e ervas estão prontos e a disposição.

Em segundo lugar, prepare-se.

Depois de tudo ficar pronto, você já deve estar com uma prévia sobre limpeza, mas falta retirar o que pode ter ficado em seu corpo.

Hora de um banho.

Seu bem estar deve ser resoçvido antes de começar o ritual, caso contrário, os resultados podem ser imprevisíveis e às vezes desastrosos.

Você vai querer tomar banho para limpar e purificar.

Embrulhe as seguintes ervas em um pano e passe na peler: camomila, lavanda e hortelã.

Após se secar, se você tiver sândalo, passe nos punhos, ou caso não tenha, passe seu perfume preferido.

Vista roupas limpas e soltas, nada apertado.

Em terceiro lugar, certificar se não será interrompido(a), abrir o circulo de proteção, recitar e posicionar-se.

Faça qualquer tipo de exercício que lhe permite atingir a quietude, medite e/ou faça respiração pausada.

Você precisa fazer o que funciona melhor para você…

Incensos, música tranquila, realizar ao ar livre, posicionamento confortável.

Relaxe e deixa os pés e palmas das mãos em contato com o solo, ou chão.

Feche seus olhos.

Respire profundamente, e em cada expiração as energias negativas que sobraram sairão e você estará pronto(a).

Quando sentir a calma em seu interior, visualize a energia verde e quente da Mãe Terra, sendo atraídas para o seu corpo.

Sinta esta energia subir por suas pernas, joelhos, quadris e barriga.

Começa a sair pelo coração também envolvendo o peito, o pescoço e a cabeça toda.

Esta energia percorre seu corpo e equilibra toda sua vibração.

Abra os olhos lentamente e comece seu ritual.

Muita Paz e Amor no seu círculo!

Como realizar Magia com Vela, Ervas e os Planetas

Magia consciente de Domingo à Sábado!

Acender uma vela por dia!

A vibração das cores das velas acesas por você influenciam sua energia ao acender, pois você obviamente esta olhando para vela e sua cor será fotografada por sua mente.

Como quem comanda nosso ritual é o cérebro, se utilizarmos a cor que vibra conforme a necessidade, juntamente com a energia do planeta e aromas de ervas, teremos a vibração certa para nosso objetivo.

Tenha sempre em mãos os significados antes de acender uma vela, e cada vez que utilizar das cores das velas, anote para lembrar se bateu com o resultado esperado.

Cada cor representa um princípio ou valor, e combina com a energia do planeta do dia.

Domingo é regido pelo Sol e velas amarelas são usadas neste dia.

Vibração do Amarelo – O Sol, inteligência, a aceleração da aprendizagem, memória, imaginação lógica,

quebra de bloqueios mentais, valorizar seu EU e mostrar seu potencial.

O amarelo simboliza o elemento Terra, ao Norte e fornece energia para coerência, firmeza, força, coragem e eloquência.

Segunda-feira é regida pela Lua … use velas brancas

Vibração do Branco – Espiritualidade, a pureza da Deusa, paz, ensino superior, pureza, virgindade (o que significa que a mente da mulher é dela, e não é controlada por um homem).

Associada com a Lua, o branco é usado para a proteção, purificação, adivinhação e todas as velas é um efeito.

O branco também pode ser substituída por qualquer outra cor, ou trabalhar juntamente com outra cor.

Terça-feira é regido por Marte … use velas vermelhas

Vibração do Vermelho – Energia, força, coragem, a sobrevivência da Paixão, fogo, metas de carreira, ação rápida, luxúria, Sangue da Lua, vitalidade, força motriz, amor carnal e realização.

O vermelho simboliza o elemento Fogo, ao Oeste e fornece energia para ação física, sexo e paixão, coragem e eliminação como a combustão.

Quarta-feira é regida por Mercúrio … use velas roxas

Vibração do Roxo – Influenciar pessoas poderosas e de cargos elevados, Terceiro Olho, habilidade psíquica, o poder espiritual, autoconfiança, conhecimento oculto.

O roxo é associado ao espiritual, usar esta cor para as questões da espiritualidade, alimentação e meditação.

Quinta-feira é regida por Júpiter … use velas azuis

Vibração do Azul – Desbloquear a comunicação, sabedoria, proteção, inspiração espiritual, calma, tranquilidade, agir pausadamente, criatividade e fortuna.

O azul simboliza o elemento Ar, ao Sul e fornece energia para cura, crescimento psíquico, paz e felicidade

Sexta-feira é regida por Vênus … use velas verdes

Vibração do Verde – a Mãe Terra, a cura mental, sucesso monetário, abundância, objetivos pessoais, limpeza espiritual, remorso e arrependimento.

O verde simboliza o elemento Água, ao Leste e fornece energia para a prosperidade, fertilidade, crescimento, emprego e cura.

Sábado é regido por Saturno … use velas pretas

Vibração do Preto – Proteção, negatividade, repelir, amadurecimento, bloqueio, introspecção e sabedoria espiritual.

O preto é associado à absorvição e para banir a negatividade, use somente se sentir necessidade.

Outras cores podem ser utilizadas juntamente com as anteriores para complementar seus desejos.

Laranja – Sucesso nos negócios, ofertas de propriedades, ambição, objetivos de carreira, sucesso geral, Justiça, assuntos Jurídicos, vendas, Ação.

Cobre – Paixão momentânea, atrair dinheiro, crescimento profissional, fertilidade em negócios, manobras na carreira.

Ouro – Riqueza, o Deus, promoção, vencer, segurança e poder do macho, felicidade, humor brincalhão.

Prata – telepatia, clarividência, psicometria, intuição, sonhos, energia astral, poder feminino, comunicação, a Deusa.

Rosa – o amor romântico, a boa vontade dos planetas, cura emocional, carinho, romance, parcerias de maturidade emocional, atenciosidade.

Lilás – Influenciar pessoas no espiritual, Terceiro Olho, o poder e a habilidade espiritual, autoconfiança, conhecimento do oculto.

Marrom – Amizades, influência, favores especiais, fertilidade botânica.

Magia com vela é utilizada com visualização e intenção para qualquer meta ou necessidade que você tem.

As velas são uma ferramenta eficaz para a concentração.

Além disso, diversas cores ou aromas variados irá fornecer energia para ajudá-lo com seu objetivo.

Muitos sistemas de crenças diferentes incorporaram a cor em rituais e magia com vela é uma maneira de fazer isso.

Além disso, queimar suas velas nos dias da semana que correspondem com seu desejo.

Domingo, Segunda, Terça, Quarta, Quinta, Sexta e Sábado ajudam a trazer energias planetárias de seu objetivo.

Se quiser adicionar mais poder a sua magia com velas, você pode untar as velas com um óleo adequado.

Mas eu acho isso uma prática perigosa, pode causar incêndios, liberar toxinas no ar …

Em vez disso, basta adicionar pitadas de ervas na parte superior da vela, onde eles vão queimar e juntar com a cera derretida!

As ervas frescas são até melhores que os óleos, e você usa somente uma pitada.

Veja qual erva serve para seu desejo e sempre visualize as suas necessidades na hora que salpicar a erva no fogo da vela.

Ervas secas;

Para o amor use flor de maçã, rosa, gardênia e jasmim.

Para o sexo use canela, patchouli, lavanda, almíscar, cravo e baunilha.

Para ter sorte use louro, manjericão e verbana.

Para ter proteção use canela, arruda, sândalo e pó de carvão.

Para prosperidade use hortelã, manjerona, alecrim e pimenta amarela.

Para purificação use sal marinho, menta, acácia e mirra.

Para adivinhação use grama, noz moscada, limão e narciso.

Para banir use cravo e mate.

A Deusa, Mãe Natureza

A Mãe Natureza, A Mãe de Tudo

A Deusa

Sou a Grande Mãe, cultuada por toda a criação, e existo antes de sua consciência.

Eu sou a força primordial feminina, ilimitada e eterna.

Eu sou a Deusa pura da Lua, a senhora de toda a magia.

Os ventos e as folhas que se deslocam cantam o meu nome.

Eu uso a lua crescente na testa, e meu apoio para os pés é o céu estrelado.

Eu sou os mistérios ainda não resolvidos, um caminho para reincidir.

Eu sou um campo intocado pelo arado.

Alegro os jovens pela minha existência.

Eu sou a Mãe Santíssima, a graciosa Senhora da colheita.

Eu estou vestida da maior pureza, nas frias profundezas da Terra e nos campos de ouro cheios de grãos.

Sob meu comando são regidas as marés da Terra, todas as coisas amadurecem de acordo com a minha temporada.

Sou o refúgio e a cura.

Eu sou a Mãe que dá vida, maravilhosamente fértil.

Adora-me como o Velho, o portador do ciclo da morte e renascimento.

Sou a roda das estações, a sombra da lua.

Governo as marés das mulheres e dos homens e dou alívio e renovação às almas cansadas.

Embora a escuridão da morte é o meu domínio, a alegria do nascimento é o meu presente.

Eu sou a Deusa da Lua, da Terra, dos mares.

Meu nome e meus pontos fortes são múltiplos.

Eu derramo paz, magia, poder e sabedoria.

Eu sou a eterna Donzela, a Mãe de tudo, e a Anciã das trevas, e eu vos envio bênçãos de amor sem limites.

Eu sou a Deusa!

Você sabe que tipo de Bruxa é?

Diferentes tipos de bruxas


Para quem não sabe, as bruxas se dividem em tipos diferentes, com suas preferências na realização de magias e formas de reverenciar sua fé.

Todas voltadas à Mãe Natureza, à Deusa e ao Deus, mas com estilos diferenciados.

Se você ainda não sabe que tipo de Bruxa você é, veja aqui as mais comuns ou mais comentadas.

Bruxa Cerimonial: Uma pessoa que combina as práticas de bruxaria e magia cerimonial. São os que mais freqüentemente usam uma combinação de disciplinas e geralmente enfatizam cabala ou magia egípcia em seus rituais.

Bruxa Ecletica: Uma abordagem individual na qual a bruxa escolhe a partir de diferentes tradições e cria um formulário personalizado de bruxaria que atenda às suas necessidades e capacidades individuais. Elas não seguem uma determinada religião ou tradição, mas estudam e aprendem muitos sistemas diferentes e usam o que funciona melhor para elas.

Fada Bruxa: Uma bruxa eclética, que procura entrar em comunhão com os povos do país das fadas e espíritos da natureza em seus trabalhos magia. Elas não têm nenhuma organização ou tradição e desenvolveram a sua própria vontade através da prática comum. (Não confundir com a bruxa verde)

Bruxa Verde: Uma praticante de feitiçaria cujo foco é a utilização de artigos naturais e lugares meio à natureza. O objetivo da bruxa verde é a realização mágica através da comunhão com a Mãe Natureza e utilizar as suas energias.

Bruxa Xamã; é um caminho de natureza xamânica, uma vez que são praticantes de uma espiritualidade na Terra. Elas se engajam em voo espiritual e na viagem para o “Outro Mundo”. Elas podem, nessa qualidade, serem parteiras e curandeiras. Em aldeia elas representam o limite que existe entre este mundo e o mundo espiritual.

Bruxa Hereditária: Conhecida como uma tradição de família de bruxas, ela é alguém que foi ensinado “Os Velhos Caminhos”, como uma tradição transmitida através das gerações de sua família. Embora você possa ter nascido em uma família com a tradição, você não necessita de ser uma bruxa, precisa de conscientização e uma aceitação do que é necessário para se tornar uma bruxa.

Bruxa de Cozinha: Uma praticante de feitiçaria, que usa as ferramentas da cozinha para trabalhar suas magias e criar seus rituais, e que lida com o lado prático da religião, magia, e os Elementos da Terra. Algumas pessoas que ouvem o termo “cozinha da bruxa” podem pensar que é uma arte magica de cozinhar, mas é muito mais. É sobre a descoberta do sagrado nas tarefas diárias, não importa o quão banais que possam parecer ser. Um tipo mais popular de feitiçaria, é sobre como trabalhar com as energias da natureza para fazer a cozinha e a casa num lugar seguro e sagrado.

Bruxa Solitária: Esta é aquela que pratica sozinha suas magias, sem um coven e sem seguir nenhuma tradição em particular. Às vezes, elas estão entre essa classe de bruxas naturais cujas habilidades foram desenvolvidas em vidas anteriores. Existe uma lenda entre os bruxos que, após praticar por várias vidas, o conhecimento da “arte” é despertada quando se passa a puberdade.

E então!!! Já se identificou???