Magia Zen

Atração do Amor Universal Místico e Esotérico

A maravilhosa Bruxa de Cozinha

Magia de Bruxa de cozinha (Deusa Doméstica)

Uma bruxa informal e solitária!

Todo mundo já presenciou a Bruxa de Cozinha em sua família, mesmo que ela não se reconheça como uma, por falta de conhecimento e leitura sobre ser Bruxa…

As vezes, por motivo da criação (religião) e da sociedade em que cresceu, uma Bruxa não se identifica como uma por preconceito e falta de cultura em seu ambiente. Mas isto é outra história!

Sabe aquela mãe, tia, avó… que cozinha maravilhosamente bem e nem se gaba por isso? Esta é a Bruxa de Cozinha da sua família.

Ela é aquela que usa principalmente magia prática centrada na casa, seu lar e com a família.

Na família de Wicca a bruxaria de cozinha, é uma especialidade nata e única do Artesanato com Alimentos, que se concentra mais em honrar o paladares e na Alquimia de tudo que entra em sua cozinha.

Isso envolve sim em honrar a Deusa por cuidar do lar, de encontrar significado sagrado em tarefas domésticas diariamente, e cozinhar com bênção todos os dias, com amor e magia.

Culinária e comida é uma parte integrante da bruxaria cozinha.

As honras da bruxa da cozinha, preparando as refeições com intenção amorosa, são dedicadas a todos que desfrutarão de seus serviços.

Usando ingredientes frescos, muitas vezes de seu próprio jardim, ela faz magia na cozinha, criando a deliciosa cozinha sazonal, remédios de ervas e magias.

A Cozinha da Bruxa está em sintonia com as estações e os elementos da natureza.

Ela cresce e come o alimento na época, e honra a roda do ano, marcando os festivais, solstícios e equinócios, embora ela não adere a normas específicas ou rituais, e sem prejudicar nunca a ninguém.

Se você identificou alguém assim, ou mesmo se identificou com esta Bruxa maravilhosa, que nada mas faz do que cuidar do Lar com amor e alimentar todos com amor e dedicação, parabéns, pois existe “Vida” em seu estilo de vida.

Toda família tem uma Bruxa de Cozinha, e toda família tem uma Bruxa, pois para ser uma basta nascer!

Leia mais sobre as Bruxas Solitárias e sobre as Bruxas de Cozinha, você vai perceber que o título é o de menos, mas as atitudes é que são de amor a vida, que no mínimo é saber lidar com a vida instintivamente com amor.

A Origem da Magia por Merlim

A Magia de Merlim, a original

 

Tudo começou com o maior bruxo de todos os tempos, 

Merlin Ambrosius, sim ele existiu. 

Seu melhor aprendiz era Arthur, que um dia se tornou rei da Inglaterra.

O Círculo de aprendizes de Merlim se pronunciou na Inglaterra naquela época com Arthur sendo o aprendiz que tinha mais poder do que os outros magos do Círculo.

Os camponeses da época consideraram Arthur como rei.

Merlin formou o maior grupo de magos conhecida pela humanidade.

Ele a chamou seu grupo de “The Circle”, O Círculo onde ele era o líder, conhecido pelos membros do Círculo de O Profeta.

Entre os membros incluía Morgan La Fey, a Dama do Lago, Arthur, e todos os cavaleiros chamados da Távola Redonda.

Eles foram todos ensinados por Merlin!

Aprenderam apenas magias branca; magia ofensiva, magia defensiva, a cura, a convocação, e o uso de espíritos como companheiros.

Os três foram eventualmente caminhos separados, no entanto, Merlin guiou Arthur e os cavaleiros, e a Dama do Lago formou um outro grupo de cavaleiros que se achavam os caçadores de dragão, e Morgan La Fey roubou o filho de Arthur com Mordred, criando o menino entre seu novo grupo de magia.

Merlin treinou Arthur até sua morte nas mãos de Mordred, por quem se apaixonou.

Lancelot, sendo o oficial segundo melhor aprendiz de Merlin, assumiu a posição como o Profeta e mentor, até sua própria morte depois de Guinevere.

O Círculo teve uma política de tolerância zero sobre magia negra e faz tudo ao seu alcance para erradicá-la.

O Profeta ensinou alquimia e magia exaltando poderes para a maioria dos bruxos e feiticeiros.

Um grupo de assistentes treinados na magia seguiu com a proteção à humanidade dando origem a diversos grupos e a bruxos solitários também num futuro.

Assim como em toda religião, este estilo de promover de Merlim despertou alguns indivíduos na ordem negra, desviando energias para fazer o mal.

Merlim sempre convocou a proteção à vida como aliança no Círculo.

Após sua morte, começou a Ordem Negra, a formação de bandidos gananciosos e violentos nos caminhos de todas as formas de magia, branco, cinza e preto.

Os seguidores de Morgan La Fey foram perseguidos por não entregarem os seus segredos de magia, foram mortos após torturas por feiticeiros envolvidos com necromancia.

Esta é a base da conhecida Magia de Feiticeiros, onde tudo começou, e começou com o bem, o que os feiticeiros, bruxos e magos atuais tentam resgatar em estudos do que sobrou de informações.

 


Ser Bruxa e Fazer Magia

Ser uma Bruxa é viver de acordo com as Leis da Natureza, é amar a vida em todas as suas manifestações e aspectos, é ser livre, é ousar, é criar, é fazer a sua vontade sem nunca prejudicar a nada e nem a ninguém.

O que é o “Despertar da Bruxa”?

Todas nascemos com os dons, apenas estão adormecidos, e despertamos quando encontramos a coragem de assumir os conhecimentos natos sobre a vida em comunhão com a magia.

E magia também é natural, falo da magia agindo em alquimia, alquimia dos instintos na natureza, magia com sentimento e intuição.

Não existe magia natural que é sobrenatural ou milagrosa, existe a energia focada em algum acontecimento, fato ou desejo, que pode ser auxiliada com instrumentos para direcionar o foco da mente atraindo ao resultado desejado.

Concordar com o significado de “ser Bruxa” ou de “magia” é difícil, depois de tantas versões após da idade média.

Para se ter uma idéia, já fomos a “bruxa má da branca de neve”, “a bruxa má do leste”, “comemos João e Maria”, e fizemos da palavra “magia” coisas sobrenaturais, voamos e transformamos os rivais em sapos… Inventaram muita balela sobre bruxas!

Porque tanta história sobre “a Bruxa”, no entanto ficamos poderosas e famosas, mas marcadas por supersticiosos.

A parte triste é ter fama de maldosas!

A minoria descrimina uma Bruxa, boa parte acha engraçadinho se fantasiar de bruxa no hallowen, mas a sorte é que a maioria sabe o verdadeiro significado de ser Bruxa.

Só quem tem desprezo ou medo de respeitar uma comunhão com a natureza tem tanto preconceito com as palavras bruxa, bruxaria e magia

As Bruxas dispõem de uma mente com imaginação, concebem formas de vida opcionais, respeitam o próprio corpo, idolatram a vida em geral e a mãe maior, a Terra.

A Bruxa conhece bem a natureza, e porque a conhece, a ama, e porque a ama, cuida e cura.

Para ser uma Bruxa assumida, seja ousada e crie um novo caminho, erga o peito e os olhos, o caminho é difícil, mas gratificante.

A felicidade anda ao lado de uma bruxa, pois ela ama, ousa, cria, cuida, dança, cozinha, trabalha, canta, beija, enxerga, liberta, ouve, respeita, sonha e acima de tudo… vive!

Aprenda a respeitar as escolhas das pessoas, se elas estão felizes assim, é assim que tem que ser.

Ninguém sabe ao certo o que é certo!

Deixe renascer a força que existe em seu interior, deixe seu instinto decidir seu recomeço, pois uma decisão profunda traz nova força e nova energia.

“ O Universo é cúmplice do homem que cumpre sua Verdadeira Vontade! ”

Crowley

Magia na Cozinha!

Perguntas frequentes: Como ser um Bruxo?

Resposta: Todos nascemos Bruxos!

Para ser um Bruxo ou uma Bruxa basta fazer alquimia, e a mais simples dela é cozinhar.

Pois é, as pessoas fazem tanto escarcéu por ser ou não ser um bruxo, fazer ou não fazer bruxaria, e gente… cozinhar faz parte de magia desde os primórdios!

Seu pai cozinha, sua avó cozinha, sua tia cozinha, e olha só… Você sabe cozinhar!… Temos então a tal bruxaria.

O gostoso de pesquisar sobre bruxaria, magia, wicca é descobrir que um espantalho nada mais era que uma homenagem aos deuses, que ser pagão é ser do campo, enfim, que bruxaria era somente viver das condições que tinham na natureza.

Isso mesmo, vamos treinar nossos dotes de bruxaria na cozinha, com ervas, temperos e muito amor nesta magia.

Pegue seu caldeirão (panela), sua varinha de cozinha (colher de pau), seu livro negro (receitas) e vista sua capa (avental) e os ingredientes é claro.

Prepare com amor e carinho uma comidinha para quem você escolher, e experimente cozinhar de bom humor, cantando e observando cada passo desta alquimia.

Lembre sempre que este alimento vai nutrir você e seu convidado. E é o seu carinho que vai dar o valor aos nutrientes.

Veja que interessante:

Os alimentos picantes contêm grande quantidade de energia, coloque quantidades suficientes para quem vai comer.

Os alimentos verdes são bons para a prosperidade, veja o quanto é realmente necessário, pois disperdício não combina com bruxaria.

Os frutos suculentos e vermelhos são maravilhosos para o amor.

Os alimentos doces são bons para cultivar a bondade.

As sementes e os ovos ajudam na fertilidade.

A laranja e os alimentos cítricos são importantes para a felicidade.

Não existe muito segredo no valor dos alimentos e no que eles auxiliam, pois nosso orgânismo sabe pedir quando esta com carência.

E nosso instinto, no fundo sabe o que faz cada alimento em nossa vida.

O que está esperando, vai cozinhar! Ou se alimentar!

Mestres em Alquimia.

A palavra Alquimia vem do árabe, Al-Khemy, que quer dizer “a química”.

Sua origem perde-se no tempo, apenas sabemos que existiram alquimistas na China milenar, bem como na Índia. Mas para nós ocidentais, o berço da alquimia é o Egito.

Denominada entre os adeptos como arte sagrada, ela resiste até nossos dias com pouca ou nenhuma modificação.

A tão falada Pedra Filosofal, capaz de transformas chumbo em ouro, foi apenas uma das ferramentas, pois na verdade, a principal matéria a se transmutar é o próprio alquimista.

À medida que se sucediam as etapas, o adepto à Pedra Filosofal, era conduzido e transformado em sua essência, atingindo um nível de consciência diferente dos demais.

Essa auto-transformação é que seria o verdadeiro “elixir da vida eterna”, pois ao atingir tal estágio o adepto se liberta das exigências da carne.

No último milênio da história humana, nomes muito célebres tem sido citados como adeptos ou simpatizantes das teorias alquímicas.

Parece ser da própria tradição da arte alquímica ocultarem-se os segredos através de artifícios de linguagem, desde Hermes Trismegisto, considerado o primeiro alquímico da história.

Para atingir seus objetivos, os alquimistas teriam à sua disposição dois caminhos:

A Via Seca e a Via Úmida. Como o próprio nome indica, a Via Seca é um processo através do qual o alquimista realiza seu trabalho em pouco tempo, porém de modo arriscadíssimo.

É importante deixar claro que esses métodos, sejam quais forem, são conhecidos apenas pelos adeptos da alquimia.

Embora o processo da Via Úmida seja tão desconhecido quanto o outro, sabe-se que envolve menos riscos, ocorrendo no máximo uma explosão em caso de fervura da Matéria Prima.

Mas essa Matéria Prima, por ser um segredo, sua natureza jamais será revelada.

O nome sugere que ela seja a base a partir da qual a Pedra Filosofal é obtida.

Alquimia
Texto retirado do site
: http://www.geocities.com/Paris/Cathedral/6232/index-p.htm

A alquimia é das ciências ocultas que, atualmente, mais interesse tem despertado não só pelos inúmeros livros que ao longo dos tempos foram escritos sobre a Arte Hermética, mas também, pela curiosidade de saber algo sobre a veracidade da misteriosa Pedra Filosofal, também conhecida por Medicina Universal.

Tem-se escrito muito sobre o simbolismo alquímico encontrado nas catedrais, palácios e até casas senhoriais. É, deveras um trabalho fascinante procurar desvendar o segredo contido nessas figuras esculpidas na pedra pelos artistas nossos antepassados como testemunho do seu envolvimento na ciência de Hermes.

No simbolismo alquímico, tanto quanto sabemos, não existiam nem existem regras fixas. Tudo era, e ainda é, deixado à imaginação dos seus autores e à sua criatividade. Por isso, como é óbvio, isto dá azo a especulações ditas “filosóficas” que, muitas vezes nada têm a ver com a realidade alquímica.

Durante muito tempo a alquimia foi sinônimo de charlatanismo ou de ignara credibilidade. Muito do descrédito da alquimia era devido à falta de publicações sérias, pois muitas delas são imitações grosseiras, feitas por sopradores (falsos alquimistas) dos verdadeiros e antigos textos, nas quais se une o absurdo com a ignorância. Atualmente, devido ao grande número de traduções das obras clássicas mais importantes dos grandes Mestres, a opinião de muitas pessoas mudou completamente.

A alquimia é a arte de trabalhar e aperfeiçoar os corpos com a ajuda da natureza. No sentido restrito do termo, a alquimia sendo uma técnica é, por isso, uma arte prática. Como tal, ela assenta sobre um conjunto de teorias relativas à constituição da matéria, à formação de substâncias inanimadas e vivas, etc.

A alquimia operativa, aplicação directa da alquimia teórica, é a procura da pedra filosofal. Ela reveste-se de dois aspectos principais: a medicina universal e a transmutação dos metais, sendo uma, a prova real da outra.

Eles não procuram o impossível, como vulgarmente se diz, mas sim a confirmação do que está descrito nos antigos tratados, que os Mestres nos legaram com vista à obtenção da medicina universal ou pedra filosofal.

O alquimista não é um fazedor de ouro como muita gente pensa. A transmutação só terá lugar, como já dissemos, como prova provada da veracidade da medicina universal ou pedra filosofal.

Hoje a alquimia coabita pacificamente com a ciência e não é raro ver indivíduos com formação superior nos ramos da ciência, da medicina e das letras, praticarem a Arte Real.

Magia do Perfume.

Você pode comprar pronto seu perfume na fragrância desejada, mas o dia que você preparar o seu, tenha certeza que vai tomar gosto em preparar sempre.

Afinal fazer alquimia sempre agradou aos magos, bruxas e bruxos!

Como fazer o seu perfume:

Ingredientes:

1 litro de álcool de cereais

100ml da sua essência

30 ml de fixador

150 ml de água destilada

Corante da cor do seu número, a gosto.

Como preparar:

Junte o álcool de cereais à essência. Em seguida, coloque o fixador, a água destilada e, por último, o corante, que deve ser colocado com um conta-gotas até conseguir a cor desejada (cuidado para não exagerar na dose).

As essências e o corante podem ser encontrados em qualquer casa de perfumes especializada.

Converse com o vendedor da loja de essências, caso você nunca tenha feito o preparo de um perfume. Eles explicam bem e ainda te demonstram como colocar as dosagens e a ordem.

Coloque o perfume em um frasco ou garrafa escuros, tampe bem e deixe na geladeira por 10 dias. Retire, ponha num frasco de sua preferência e use-o à vontade.